Hospital Restinga e Extremo-Sul

Orientações para familiares e visitantes

As visitas são bem vindas e o Hospital Restinga e Extremo Sul autoriza a entrada de visitantes maiores de 13 anos com apresentação de documento com foto. O repouso faz parte do tratamento e o número excessivo de visitantes pode acarretar prejuízos ao paciente. Dessa forma, recomenda-se que as visitas sejam breves e não excedam em quantidade, respeitando os horários de repouso do paciente.

  1. Unidades de internação
  • Unidade de internação de adultos: pacientes menores de 18 anos, maiores de 65 anos ou dependentes podem ter um acompanhante e no horário de visita é permitida a entrada de até dois visitantes, sendo um por vez. O selo de acompanhante é entregue no momento da internação e pode ser revezado entre mais de uma pessoa no horário de troca de acompanhante.
  • Unidades de internação pediátrica: nesta unidade, as crianças internadas podem ser acompanhadas por um adulto. O assistente administrativo da área entregará a um familiar um selo de acompanhante. Este selo, que libera para a entrada e saída no hospital no horário de troca de acompanhante. 
  1. Áreas restritas 
  • Emergência: Adultos internados no setor podem receber a visita de um familiar no horário de visita, não permitido trocas.  Crianças têm direito a um acompanhante adulto durante todo o período de internação. A identificação é feita por um selo de acompanhante.
  • Leito de Isolamento: permitido a entrada de apenas um visitante para cada paciente internado.
  1. Horário de visitas

Na unidade de internação entrada pela portaria do 2° andar. Paciente da emergência acesso pela porta lateral da emergência.

 

Emergência

Unidade de Internação

Manhã

11:30h às 12h

11h às 12h

Tarde

18:30h às 19h

18h às 19h

  1. Horário de troca de acompanhante

Uma troca de acompanhante por turno. Para entrada e saída no acesso pela porta lateral da emergência.

  • Manhã: 7hs às 9hs
  • Tarde: 15hs às 17hs
  • Noite: 20h às 21h
  1. Situações especiais de acesso:
    Crianças só podem fazer visitas a pacientes no hospital em situações especiais. Nestes casos, é necessário avaliação da equipe médica e de enfermagem. 

    A visita de padres, pastores e grupos de rezas é permitida desde que tenham sido chamados pelo paciente e com aviso e autorização prévia da equipe de enfermagem.

    Em algumas situações, conforme avaliação da equipe de saúde, o paciente pode receber mais de um visitante.

  2. Recomendações importantes
  • Lave as mãos ou use álcool gel antes e após o contato com qualquer paciente
  • Não entre em contato físico com outros pacientes e seus pertences
  • Restrinja o número de visitas ao paciente
  • Não faça visitas hospitalares quando estiver com qualquer infecção (gripe, dor de garganta, doença respiratória aguda, doenças de pele, entre outras)
  • Não é permitido trazer alimentos, bebidas (chimarrão, etc) ou flores para o hospital
  • Não sente nem deite no leito do paciente
  • Observe o descarte correto do seu lixo conforme orientação nas lixeiras.

Siga algumas orientações para a visita hospitalar

 

1Sempre lave bem as mãos antes e após o contato com o paciente ou com objetos que o paciente tenha tocado - Você pode transmitir microorganismos que são inofensivos para você, mas que podem ser graves para os pacientes. Além disso, você também pode contrair alguma infecção ao ter contato com paciente em tratamento.

2Evite compartilhar alimentos, bebidas e objetos pessoais – Algumas vezes, infecções podem ser transmitidas por estes objetos.

3Não sente no leito do paciente – Da mesma maneira que infecções podem ser transmitidas por objetos, ao sentar ou deitar na cama de um paciente você é exposto e expõe o paciente a infecções pois, afinal de contas, o leito de um paciente é onde ele passa a maior parte do seu dia.

4Restrinja o número de visitas ao paciente – Sabemos que todos que estão preocupados com a internação de um paciente gostariam de visitá-lo, mas isso pode ocasionar maior risco de infecção. Assim, diminua o número de visitantes. São permitidos dois visitantes por vez no leito, que podem se revezar com outros. Uma simples carta pode algumas vezes ser melhor que uma visita.

5Não faça visitas hospitalares quando estiver com qualquer infecção – Infecções como gripe, dor de garganta, doença respiratória aguda, doenças de pele, entre outras, podem ser facilmente transmitidas para os pacientes, piorando suas condições de saúde.

6Não é recomendada a entrada de crianças de colo - As crianças de colo são bastante vulneráveis a infecções, assim não devem ser trazidas ao hospital.

  

Acompanhantes: pacientes menores de 18 anos e ou maiores de 65 anos podem ter acompanhante 24h por dia.

Av. João Antonio da Silveira, 3330


3250.1411
Hospital Restinga e Extremo Sul Hospital Restinga e Extremo Sul Hospital Restinga e Extremo Sul Hospital Restinga e Extremo Sul